quinta-feira, 9 de agosto de 2012

RoboCop


Falando em discriminação, preconceito e conscientização.
Dia desses caminhava, ou tentava caminhar naturalmente com minha inerente rigidez parkinsoniana em local público, quando cruza um casal e o cara comenta baixinho com a mulher, se referindo a mim:
 - parece o RoboCop!

Um comentário:

  1. Porque as pessoas se importam em rotular as outras?
    Ja fui confundida com bêbada, pq tropecei no vento num supermercado, e "bambeei" sobre o carrinho...
    O comentário que ouvi: - Nossa! Homem bêbado já é feio, mas mulher bêbada é muito vulgar.
    Dizem que saber não ocupa espaço, já a ignorância tem ocupado espaço demais.

    ResponderExcluir

Observamos que muitos comentários são postados e não exibidos. Certifique-se que seu comentário foi postado com a alteração da expressão "Nenhum comentário" no rodapé. Antes de reenviar faça um refresh. Se ainda não postado (alterado o n.o), use o quadro MENSAGENS da coluna da direita. Grato.